Rate this post

1/4 de xícara de avelãs;
300ml de água que você beberia;
2 colheres de sopa de biomassa de banana verde;
3 colheres de sopa de cacau em pó;
1 colher de sopa de manteiga de cacau (pode ser manteiga de coco ou óleo de coco, macadâmia ou outro de sua preferência);
4 gotinhas de essência de baunilha (opcional);
Açúcar a gosto.

Modo de preparo


1) Deixe as avelãs de molho em água limpa de um dia para outro (pelo menos 6 horas*);
2) Aqueça os 300ml de água até quase ferver;
3) Em um liquidificador, processe as avelãs com 1/3 da água quente, até que vire uma pastinha. Vá acrescentando o restante da água aos poucos, até obter o leite;
4) Com a ajuda de um coador fino ou de um tecido, coe o leite e guarde o resíduo para outras receitas;
5) Despeje o leite e os demais ingredientes em uma leiteira e leve ao fogo baixo, mexendo sempre até que a manteiga se derreta por completo e que a biomassa se dilua e comece a engrossar o caldo;
6) Quando o leite estiver mais grossinho, é só servir e ser feliz.

Observação:
*Caso não queira esperar esse tempo, “cozinhe” as avelãs por uns 15 minutos em água fervente até que amoleçam bem, porém, desta forma elas perderão um pouco da qualidade.

Juntas, extrapolaram as barreiras e limitações pessoais e profissionais e com persistência e foco viraram empresárias com um irrisório investimento de R$ 300 inicial.

Investiram em bolo de pote gelados em potes individuais. O valor de cada unidade vendida varia entre R$ 8 e R$ 10 e os sabores são diversos, podemos citar os de abacaxi, bombom, morango, churros (hummmm), merengue, mousse de chocolate, leite ninho, pistache, prestígio, entre outros mais.

Adriana Borges contou ao portal G1 que sempre foram, ela e sua irmã, atraídas por ter um negócio próprio. “Temos várias pessoas na família que trabalham com gastronomia. Nossa mãe faz bolos divinos e nosso pai é um super cozinheiro. Minha avó, a Dona Elci, na década de 70 foi uma grande confeiteira e fazia sucesso na cidade com seus bolos, doces, bombons e salgados. Acreditamos que é de família esse gosto pela cozinha e por desenvolver algo novo para o mercado”, falou.

Ela disse ainda que Uberlândia, cidade onde moram, o Bolo de Pote que elas fazem é uma novidade e isso cativou e fidelizou seus clientes. Olha que legal!! Elas estudaram seu mercado e viram oportunidades nesse negócio. Já despontam como empreendedoras.

“Decidimos fazê-lo de maneira diferente, ou seja, com menos massa, mais recheio e mais cobertura. O resultado é um produto cremoso, com sabor suave e menos doce”, afirmou Adriana.

Documentos pessoais para matrícula
• Cópia legível de documento oficial que contenha o nº do RG e CPF do estudante;
• Cópia legível de documento oficial que contenha o nº do RG e CPF do responsável, quando se tratar de menor de 18 anos, de acordo com o pré-requisito do curso;
• Cópia da certidão de nascimento ou casamento;
• Cópia legível do comprovante de endereço de forma atualizada (últimos 03 meses) podendo ser tarifa de água, luz ou telefone, etc.;
• Comprovante de escolaridade: certificado ou diploma ou histórico escolar ou atestado escolar atualizado, de acordo com o pré-requisito do curso.

OBS: As cópias devem estar acompanhadas da via original para conferência no ato da matrícula.

Para conhecer mais sobre o assunto, visite: http://www.segredobolonopote.com.br/